s

Expedições

A linha do Ponto de Cultura Jeca Tatu, está orientada para o embate entre os espaços rurais e urbanos, que se fundem no processo de crescimento da cidade, sem ao menos haver meditação sobre que tipos de impactos esse processo acarreta, ou quais são as condições para manutenção de ambos. A preocupação com esta característica se justifica pelo reconhecimento da fragilidade que o ambiente rural tem em relação ao urbano, em outras palavras, corre-se o risco de extinguir os espaços rurais à medida que a cidade avança sobre o campo. Este processo de extinção das paisagens rurais são estimuladas pela ação governamental, haja vistas os modelos de desenvolvimento baseado na industria e na exploração dos recursos naturais. Os impactos do crescimento desordenado são danosos ao meio ambiente, às comunidades locais e à organização dos serviços públicos. Não basta tomar “decisões de gabinete” para um problema tão complexo sem admitir os múltiplos olhares e interesses envolvidos, principalmente porque o espaço rural é tem, relativamente, menos visibilidade e seus atores estão desmobilizados.

A fragilidade que o ambiente rural está exposto, em relação ao processo de urbanização, inspira um processo de a resignificação dos elementos culturais impactados pela globalização. Esta é a principal estratégia para a promoção de um pacto civilizatório que respeita e valoriza o meio ambiente natural e as manifestações culturais que é portador. O caminho escolhido pelo Ponto de Cultura para construção dessa agenda de mudanças no padrão consumo de bens culturais tem como ponto de apoio os elementos tecnológicos e as manifestações culturais. As expedições são uma forma de identificar, materializar e resignificar estes dois elementos.

As expedições não são simples incursões bandeirantescas pelos territórios inóspitos do sertão. Trata-se de uma metodologia de animação de redes de produção e circulação de conhecimentos, práticas e produtos.

As expedições locais são realizadas no interior do município de Suzano, enquanto que as expedições regionais ocorrem nos territórios do Jeca Tatu. Como produtos destes dois grupos de expedições temos:

1) Inventário de produção cultural local;

2) Textos;

3) Curtas metragem;

4) Documentários;

5) Animação de redes de produção e circulação cultural;

6) Preparação de exibições.

Seja o primeiro a comentar!

Nome:


Comentário:


Rua General Francisco Glicério, 995 - sala 43 - Centro - Suzano - SP